Carboidratos nos matam docemente, mostra pesquisa

Por: Tjaša

Hoje em dia tem havido muito barulho na mídia (veja Telegraph, CBC, Irish Times, PBS …) sobre as descobertas da pesquisa de que dietas ricas em carboidratos estão nos matando! O estudo, apresentado no Congresso da Sociedade Europeia de Cardiologia e publicado no The Lancet, é inequívoco sobre as diretrizes dietéticas globais: elas devem ser reconsideradas e mudadas!

Um grande grupo internacional de pesquisadores recrutou uma coorte de mais de 135.000 participantes com idade entre 35 e 70 anos de 18 países (incluindo locais “não ocidentais” que geralmente são excluídos de estudos observacionais como este). Tudo começou em 2003 e terminou dez anos depois. Usando um conjunto de ferramentas de pesquisa, como questionários de frequência alimentar, chegaram a muitas conclusões interessantes, entre elas:

● ingestão elevada de carboidratos foi associada a maior risco de mortalidade total;
● gordura total e tipos individuais de gordura foram relacionados à menor mortalidade total;
● gordura total e tipos de gordura não foram associados com doença cardiovascular, infarto do miocárdio ou mortalidade por doença cardiovascular;
● enquanto a gordura saturada teve uma associação inversa com o acidente vascular cerebral.

Como tem sido um costume nos últimos anos, o grupo de cientistas canadenses está pedindo que a reconsideração das diretrizes dietéticas globais seja reconsiderada à luz dessas descobertas (Dehghan et al., 2017).

DEHGHAN, M. et al. 2017. Associações de ingestão de gorduras e carboidratos com doença cardiovascular e mortalidade em 18 países dos cinco continentes (PURE): um estudo prospectivo de coorte. The Lancet, vol., Não, pp.

Related posts:

julio tafforelli

Engenheiro químico, estudou psicanálisedurante vários anos e outrs terapia altenativas foi atendente no CVV. Conhece bem a índole humana e os caminhos de mudança interior. Pratica meditacão

error: Content is protected !!